(48)3622-4162 | (48)9 9672-4755 |
Doenças da Próstata
28 de janeiro de 2020
É normal ter testículos de tamanhos diferentes?
12 de maio de 2020

Tons da urina: ficar de olho ajuda a flagrar doenças

 

Ficar de olho na cor da urina ajuda a flagrar doenças e identificar alterações na alimentação. Saiba o que as tonalidades costumam sinalizar

É muito importante observar a cor da urina. Uma vez que a urina reúne substâncias que até pouco tempo atrás estavam trafegando pelo corpo, ela revela informações pra lá de úteis sobre sua saúde. Conheça agora os diferentes tons podem dizer sobre o estado do organismo:Ligeiramente amareloDulla

É a cor ideal: significa que você está bebendo uma boa quantidade de água, o que é fundamental para diluir e descartar toxinas e o excesso de minerais.

Transparente

Dulla

Talvez o consumo de água esteja mais elevado do que o seu organismo realmente necessita, daí os rins retiram o excedente da circulação sanguínea. Se o quadro persistir, vale procurar um médico. É comum que no diabete descontrolado, por exemplo, o indivíduo vá muito ao banheiro e libere um líquido incolor.

Amarelo-escuro, castanho ou marrom

Dulla

Aqui é a situação contrária: a carência nos goles d’água faz a urina ficar concentrada de ureia e companhia, que pode, em longo prazo,  aumentar o risco de desidratação e cálculo renal. Ainda,  comer grandes quantidades de feijão e ruibarbo pode causar urina marrom, um número de medicações pode escurecer a urina, incluindo antimaláricos, alguns antibióticos, laxantes e relaxantes musculares, como alguns distúrbios hepáticos e renais podem dar uma coloração marrom ou mais escura à urina.

Laranja

Dulla

Remédios e suplementos vitamínicos podem deixar a urina nessa cor. Pigmentos de legumes como a cenoura e a abóbora têm efeito parecido, o que não causa problemas. Um laranja forte levanta suspeita de doenças no fígado. Ainda, a coloração amarela forte ou alaranjada pode ser apenas porque está faltando líquidos no organismo, mas pode significar que outras coisas estejam acontecendo. Por exemplo, em caso de infecção da urina há uma grande quantidade de células chamadas leucócitos que deixam a urina mais forte e frequentemente má cheirosa devido à presença especialmente de bactérias. Podem existir outros sintomas associados como dor ou ardor para urinar, a pessoa acometida pode urinar diversas vezes em pequenas quantidades e mediante esforço, dor na região inferior da barriga, enfim, características de cistite (infecção na bexiga) ou uretrite (infecção na uretra, que é o canal que liga a bexiga ao meio externo).

Vermelho

Dulla

Você comeu beterraba? Componentes dessa raiz tingem a urina e as fezes.  Em todo caso, é bom prestar atenção: a troca de cor também acontece pela presença de sangue. Aí é preciso investigar, porque alguma estrutura do sistema urinário, como os rins ou a bexiga, pode estar doente. A urina de cor avermelhada ou alaranjada “como suco de laranja”, ou ainda cor de “chá mate”, ou cor de “refrigerante de cola” é geralmente sinal de perda de sangue pela urina. Este sangue pode estar vindo dos rins (glomérulos) ou das vias urinárias. Por exemplo, pedras que andam pelos canais que levam o xixi podem machucá-los e o sangue sair, geralmente acompanhado de dor na região lombar de forte intensidade. Mas pode ser mais preocupante até do que isso, como é o caso de tumores, nefrites, enfim, apenas o médico poderá, por meio de um exame simples, saber exatamente o que ocorre.

Verde ou azul

Dulla

A culpa recai sobre o corante azul de metileno, utilizado na fabricação de algumas medicações. Ele é excretado na urina, que, ao misturar as cores, ganha tons esverdeados ou azulados. Na bula dos medicamentos, você encontra informações sobre essas eventuais consequências. Aspargos e a cerveja verde, típica da Irlanda, provocam efeito semelhante. Ainda, hipercalcemia, uma doença hereditária rara, também pode levar à urina azul, principalmente em crianças. Urina verde às vezes ocorre durante infecções do trato urinário causadas por algumas bactérias.

Espumoso

Dulla

É natural que, ao cair no vaso sanitário, a urina crie um pouco de espuma, por isso, urina espumosa nem sempre indica que há algo de errado, mas quando ocorre também uma alteração na cor (ficando mais escura, por exemplo), é  hora de procurar um médico.

Entretanto, quando a urina está muito espumosa, pode ser um sinal de que o organismo está com excesso de proteínas nas dietas ou até mesmo de algum problema renal grave. Este último caso, porém, requer outros exames para ser diagnosticado.

 

Urina preta ou muito escura

Uma urina preta pode ser causada por uma doença genética rara chamada de alcaptonúria. Nesses pacientes, a urina inicialmente tem cor normal, mas após algumas horas exposta ao ar, ela torna-se preta.

Uma urina muito concentrada, que também contenha sangue, pode adquirir uma cor bem escura. Nos casos de icterícia a urina pode ficar com cor bem castanha escura, semelhante à Coca-Cola.

Causas de urina preta
Causas de urina escura

Entre os medicamentos, aqueles que podem causar uma urina preta ou marrom são: cloroquina, levodopa, nitrofurantoína, laxantes à base de sena, metronidazol, metildopa e hidroquinona.

 

Urina Roxa

Uma urina arroxeada pode ser causada por colonização do trato urinário por bactérias que alcalinizam a urina, tais como a Providencia stuartii, Klebsiella pneumoniae, Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli ou Enterococcus.

É bom destacar, porém, que uma urina roxa causada por uma infecção urinária é um fato bem incomum e só costuma ocorrer em pacientes acamados e que usam cateter vesical de forma prolongada. Por este motivo, a ocorrência de urina roxa é muito mais comum nos pacientes internados em hospitais do que na população sadia.

O mecanismo é meio complexo e envolve a metabolização do triptofano, um aminoácido presente em alimentos como peixes, peru, ovo, arroz integral, chocolate amargo, nozes, castanhas, leguminosas e queijo tofu, por bactérias presentes na urina. Esta metabolização pode produzir pigmentos azuis e vermelhos, que ao se misturarem, produzem uma urina roxa. Geralmente, algum grau de insuficiência renal e uma urina com pH bem elevado também são necessários para esse fenômeno ocorrer.

Causas de urina roxa
Causas de urina roxa

A urina também pode apresentar um tom arroxeado se o paciente ingerir grandes quantidades de amoras ou beterraba, apesar disso não ser algo comum. Corantes azulados também podem ser a causa.

Outras alterações da urina além da cor

Além da cor, outras características da urina podem ser uma dica para a identificação de doenças. Exemplos:

  • Urina com excesso de espuma sugere a presença de proteínas, que é um sinal de doença renal.
  • Urina “leitosa” pode significar a presença de pus.
  • Urina com odor forte indica que a mesma está muito concentrada .
  • Urina com jato muito fraco costuma ser sinal de doença da próstata ( leia: www.clinicamarconato

Uma urina saudável tem cor amarelo clara, quase transparente, sem cheiro, com uma quantidade pequena de espuma e não causa dor ou desconforto ao urinar.